Actualização de tarifa da biomassa gera consenso

A actualização da tarifa de produção de biomassa florestal, aprovada em decreto-lei este mês, tem o acordo da maioria dos votantes da mais recente sondagem do Ambiente Online. Questionados sobre esta mudança, que aumenta o coeficiente de remuneração dos actuais 8,2 para 9,6, cerca de 68 por cento dos participantes da votação concordou com o aumento da tarifa.

Dessa maioria, 42,1 por cento acredita que «de outra forma não seria possível impulsionar este sector, esquecido pelos decisores». Os restantes 26,3 por cento lembram, no entanto, que embora tenha sido importante actualizar a tarifa, «os valores praticados no resto da Europa continuam a ser mais altos».

Por fim, 31,6 por cento discordam deste fomento ao sector da biomassa, por não acreditarem que seja uma aposta de futuro para Portugal. Através do novo decreto-lei, as centrais de biomassa de potência superior a 5 MW vão ver a tarifa subir de 107,5 para 118,3 euros por MW/h. Já no caso das centrais de menor potência, a remuneração passa dos actuais 109,5 para 120,2 euros por MW/h.

fonte:ambienteonline

publicado por adm às 23:11 | comentar | favorito