Energia eólica ultrapassa carvão pela primeira vez em Portugal

Os parques eólicos produziram mais energia, em 2010, do que as centrais a carvão, pela primeira vez em Portugal. A produção térmica baseada no carvão caiu 45%, uma vez que a electricidade foi gerada, maioritariamente, pelas barragens, devido à forte pluviosidade que se fez sentir no território no ano passado.

As eólicas produziram mais 20% de energia do que em 2009, o que, combinado com a descida da produção de energia a partir do carvão, fez com que a energia do vento seja, actualmente, terceira principal fonte de abastecimento eléctrico em Portugal, atrás da hídrica e das centrais de ciclo combinado a gás natural.

Em 2010, segundo dados da REN – Redes Energéticas Nacionais, os parques eólicos injectaram no sistema eléctrico português 9,03 terawatt hora (TWh), um volume de produção suficiente para abastecer três milhões de consumidores na baixa tensão normal (quase dois terços das famílias portuguesas que este ano pagarão mais 3,8% pela electricidade.

A notícia é avançada pela edição electrónica do Jornal de Negócios.

publicado por adm às 20:34 | comentar | favorito