ZOO de Lagos investe em energias renováveis

O Parque Zoológico de Lagos vai investir 25 mil euros na instalação de uma unidade de microgeração de energia com 18 painéis fotovoltaicos para abastecer todo o complexo, sistema que permitirá ainda vender energia à EDP, anunciou hoje o empreendimento. 

O projeto, cuja conclusão está prevista até ao final deste mês, contribuirá para reduzir em várias toneladas as emissões de gases CO2, responsáveis pelas alterações climáticas no planeta. 

Em comunicado, o ZOO de Lagos considera que o investimento constitui uma aposta “prioritária” para reduzir os custos com a fatura elétrica e, ao mesmo tempo, “dinamizar os bons valores ambientais” através de sistemas de energias renováveis. 

“A energia que é produzida é vendida e pode alimentar a zona onde vai ser instalada. Por mês, durante os primeiros oito anos vamos reduzir 200 euros na fatura eléctrica”, destaca aquele empreendimento, instalado na freguesia de Barão de São João, no concelho de Lagos. 

A unidade de microgeração é composta por 18 painéis fotovoltaicos com 230 watts cada um e um painel solar térmico para aquecimento de águas sanitárias, ocupando uma área de cerca de 55 metros quadrados. 

Inaugurado em 2000, o Parque Zoológico de Lagos acolhe cerca de 600 animais, de 140 espécies, entre as quais aves, primatas, répteis e animais de quinta, estando referenciado como o parque com o maior número de animais em cativeiro do Algarve.

fonte:http://www.regiao-sul.pt/

publicado por adm às 22:38 | comentar | favorito
tags: