Toyota investe em fontes de energia renováveis e fábricas sustentáveis

A partir deste mês, a Toyota inicia, em conjunto com a British Gas, empresa britânica do setor de energia, a instalação de um conjunto de painéis solares de larga escala na fábrica da Toyota no Reino Unido. O sistema é composto por cerca de 17 mil painéis e ocupará uma área de 30,6 mil m², equivalente a quase cinco campos de futebol.

O conjunto de painéis solares tem capacidade de geração estimada em 4,6 milhões de kWh de energia limpa por ano. O sistema proverá eletricidade suficiente para a produção de quase 7 mil veículos por ano e reduzirá as emissões anuais de CO2 em aproximadamente 2 mil toneladas.

Este conjunto de painéis solares é apenas uma parte da visão global de “fábrica sustentável” da Toyota naquela localidade, iniciada em 2007. O objetivo é criar operações fabris que estejam em harmonia com as comunidades locais e o meio ambiente. Em 2008, a Toyota instalou um conjunto de painéis solares de 15 mil m² na planta de Tsutsumi, no Japão. Atualmente o sistema gera aproximadamente 2,4 milhões de kWh de energia limpa por ano.

A planta da Toyota no Reino Unido, que produz o modelo Auris híbrido para o mercado europeu, serve como modelo para atividades sustentáveis em outras unidades da empresa ao redor do mundo. A fábrica empreende esforços contínuos para reciclar o esgoto, aumentar o uso de iluminação natural nos prédios e zerar a incineração de resíduos. Além disso, há um sistema de “eco pontos”, onde os funcionários são premiados por participação em atividades e eventos de conservação do entorno da instalação e apresentação de propostas ligadas à preservação do meio ambiente, por exemplo.

Na França, a Toyota também investe em energia sustentável. Naquele local, a empresa irá instalar uma “parede solar” para condução de calor, composta por painéis solares, no exterior da planta localizada na cidade de Valenciennes. O projeto também faz parte da visão global de “fábrica sustentável” da empresa.

Quando a luz do sol atinge a parede, seus painéis solares absorvem o calor, permitindo que o ar quente aqueça o interior da planta. A Toyota estima que o sistema resultará em uma economia anual de energia elétrica na ordem de 25%, comparado aos métodos convencionais de aquecimento, além de uma redução de aproximadamente 20 toneladas nas emissões anuais de CO2.

No Brasil -A nova planta que a Toyota está construindo em Sorocaba, no interior paulista, foi projetada sob o conceito Ecofactory, que estabelece critérios de alto padrão de eficiência ambiental. A unidade será a primeira fábrica da América Latina a utilizar esse sistema desenvolvido pela matriz da Toyota no Japão.

A planta seguirá rígidas metas de redução dos índices de emissões de dióxido de carbono e de VOCs (compostos orgânicos voláteis) e exigentes padrões de reutilização da água pluvial. A nova unidade ainda tem metas rigorosas quanto à diminuição na geração e destinação de resíduos, além da implantação de um processo de logística eficiente e com menor impacto ao meio ambiente.

Os cuidados previstos no conceito Ecofactory ainda se estendem à comunidade em torno da fábrica. Todo o projeto foi estruturado em conformidade com a legislação local, sem impactar a qualidade de vida dos habitantes do município e cidades vizinhas ou gerar risco de qualquer contaminação ambiental.

A Toyota do Brasil Ltda conta com mais de 3.600 colaboradores em suas unidades de Indaiatuba (SP), São Bernardo do Campo (SP), São Paulo (SP) e Guaíba (RS). Fundada em 1937, a Toyota Motor Corporation (TMC) é uma das fabricantes de veículos para passageiros e comerciais mais representativas do mundo. Com produção em 26 países e regiões e vendas em mais de 170 países, a empresa é detentora das marcas Toyota, Lexus, Daihatsu e Hino. A Toyota possui ações nas Bolsas de Valores de Tóquio, Nagoya, Osaka, Fukuoka e Sapporo (Japão), Nova Iorque (EUA) e Londres (Reino Unido) e emprega atualmente mais de 285.000 colaboradores em todo o mundo. [ www.toyota.co.jp e www.toyota.com.br].

fonte:http://www.revistafator.com.br/

publicado por adm às 22:47 | comentar | favorito