Viana do Castelo: Sucesso nas energias renováveis chega a Atenas

O presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo está em Atenas, Grécia, para um workshop organizado pela Comissão Europeia sobre casos de boas práticas de cooperação entre o sector público e privado no sector das energias renováveis. José Maria Costa foi convidado a explicar o caso do cluster eólico e a aposta nas energias renováveis no concelho como exemplo de mobilização de investimentos.

O workshop, destinado a especialistas, autarcas, políticos e empresários, é uma iniciativa da “Manenergy” da Comissão Europeia, que convidou o autarca de Viana do Castelo para falar do caso português e do bom exemplo da mobilização para investimentos em energias renováveis.

Investimentos infra-estruturais e mobilização dos habitantes

Com o cluster eólico como pano de fundo, o edil abordou temas como a colaboração entre os sectores público e privado no caso da instalação da Enercon em Portugal e de como foi desenvolvido o enquadramento legal, político e financeiro para esta aposta, mas também quais são os incentivos nacionais para as energias renováveis e os investimentos infra-estruturais, assim como a mobilização dos habitantes de Viana do Castelo para esta realidade e o seu impacto na economia local.

Empresas vianenses envolvidas

Na semana em que foi anunciado mais um investimento no Cluster Eólico, o autarca quis mobilizar para os investimentos nesta área, dando exemplos de algumas empresas vianenses como a Saertex, a Sanitopo, o Grupo PA e a Enercon, mas salientando igualmenteo que a Câmara Municipal tem vindo a fazer neste âmbito, nomeadamente com as medidas de poupança energética do concelho.

Neste âmbito, enquadram-se a substituição de lâmpadas normais por LED nos semáforos, a colocação de baterias de condensadores nos edifícios camarários, a instalação de 18 reguladores de fluxo na iluminação pública e 39 nas freguesias, a instalação de painéis fotovoltáicos em 38 instalações municipais, a instalação de colectores solares para água quente ou a implementação de melhorias nos sistemas de aquecimento de águas e isolamento termino nos pavilhões de Monserrate, Santa Maria Maior e Santa Marta.

fonte:http://www.correiodominho.com/

publicado por adm às 17:13 | comentar | favorito