Siemens lança nova turbina a vapor para centrais eléctricas geotérmicas

A multinacional alemã Siemens anunciou hoje o lançamento de uma nova turbina  a vapor para centrais eléctricas geotérmicas, uma infra-estrutura com uma capacidade até 60 megawatts e que pretende dar resposta à crescente procura do mercado mundial por este tipo de equipamento.

Entre as soluções e equipamentos destinados à eficiência industrial, as turbinas a vapor da Siemens podem constituir-se como aliados fundamentais em aplicações de recuperação de energia que conduzem à optimização dos custos da factura eléctrica.

“A Siemens estudou a fundo os requisitos específicos de centrais eléctricas geotérmicas e apresenta agora ao mercado um conceito de turbina amplamente comprovado”, revelou o CEO da Unidade Industrial Power Business da Siemens Energy, Markus Tacke.

“Verifica-se em todo o mundo uma crescente procura por turbinas a vapor geotérmicas. Com esta turbina temos todas as condições para vingar no mercado e estabelecermo-nos a longo prazo como fabricante de turbinas a vapor”, continuou o responsável.

Recorde-se que, segundo um estudo desenvolvido pela IHS Emerging Energy Research, a capacidade instalada de energia geotérmica vai triplicar em todo o mundo, até 2020, atingindo os 31 GW até esta data.

Por outro lado, e no final de 2010, a capacidade global instalada das centrais elétricas geotérmicas cifrava-se em 11 gigawatts (GW). Os EUA são o actual líder mundial neste sector, com uma capacidade geotérmica instalada de 3,1 GW. Seguem-se as Filipinas, com aproximadamente 1,9 GW, e a Indonésia com 1,2 GW.

Existe também potencial para a utilização de energia geotérmica para efeito de produção de energia na África Oriental, América Central, Chile, Rússia, Itália, Islândia e Turquia.

fonte:http://www.greensavers.pt

publicado por adm às 19:06 | comentar | favorito