Vêm aí as fusões no mercado das energias renováveis

O mercado das energias renováveis vai ser “varrido” por uma onda de consolidação, com fusões e aquisições entre empresas do sector. Esta é a opinião de Anders Soe-Jensen, CEO da Vestas Offshore.

“Antevejo fusões também na Europa. Espero ver isso acontecer”, revelou ao Jornal de Negócios o responsável, que lidera um dos principais fornecedores de turbinas eólicas da EDP.

A Vestas, que está a fornecer 2,1 GW de turbinas à EDP, foi também responsável pela construção do aerogerador do projecto Wind Float, que recentemente foi ancorado ao largo de Aguçadoura, Póvoa do Varzim.

“Quando falamos de Wind Float falamos de uma convergência entre o conhecimento offshore, no lado das fundações, e as turbinas que produzimos para serem utilizadas no mar. Vai ser uma combinação interessante e estamos expectantes para ver o trabalho deste projecto”, revelou o responsável.

Recorde o projecto Wind Float.

A Vestas, que já instala turbinas eólicas, em alto mar, desde 1990, conta já com mais de 1.000 MW fornecidos a parques eólicos offshore. Dinamarca, Holanda, Reino Unido e Bélgica são os principais destinatários.

fonte:http://www.greensavers.pt/

publicado por adm às 00:18 | comentar | favorito