«Governo trava projetos nas energias renováveis»

A revisão do Plano Nacional de Ação para as Energias Renováveis vai dar menos espaço para o crescimento de fontes como a eólica e a energia solar. E o apoio à produção de energia pelas famílias irá acabar. Comparado com o plano feito pelo Governo de José Sócrates, o delineado pelo Executivo de Pedro Passos Coelho reduz em 23 por cento a meta de capacidade eólica em 2020 e corta em 63 por cento a fasquia da potência solar.

FONTE:http://www.abola.pt/

publicado por adm às 09:47 | comentar | favorito