Energia renovável é o sector com mais investimento directo estrangeiro em 2011

A energia renovável foi o sector que mais cresceu em termos de investimento directo no estrangeiro em 2011, segundo o relatório. The FDI report 2012 – Global greenfield investment trends. A energia renovável tornou-se o sector líder em investimento de capital na Europa em 2011, e foi o segundo maior sector na América do Norte.

O número de projectos aumentou 20 por cento e o investimento de capital aumentou 40,7 por cento. A criação de empregos associados a estes projectos cresceu também 54 por cento. Em contraste, o número de projectos em carvão, petróleo e gás natural caíram 6 por cento em 2011, com uma diminuição global de 54 por cento entre 2008 e 2011.

As alterações climáticas, o esgotamento dos recursos naturais e as oportunidades para as energias renováveis estão entre os temas globais importantes na última década, altura em que se verificaram anos de grandes incentivos fiscais e subsídios dos governos encorajando o rápido crescimento do sector.

No entanto, pode ler-se no relatório, na esteira da crise económica global, os preços do petróleo caíram e os orçamentos governamentais foram cortados, reduzindo os incentivos disponíveis para as empresas de energia renovável. Com a procura de energia renovável sob pressão e com um crescimento enorme na capacidade de produção para as indústrias de energia solar e eólica na China, os preços dos principais componentes caíram drasticamente levando a várias falências das principais empresas de energia renovável.

O relatório revela ainda que o investimento directo no estrangeiro em volume de projectos aumentou quase seis vezes de 2003 e 2011 nas energias renováveis. Este é o crescimento mais rápido de todos os sectores em investimento directo no estrangeiro. Em 2011, o investimento em em energia renovável era de 77 mil milhões de dólares.

Se os motores, turbinas e componentes solares que alimentam o sector fossem incluídos, o total de investimento em 2011 subiria para os 91 mil milhões de dólares. 
O mesmo documento revela que os EUA foram o país líder em investimento em projectos de energia renovável em 2011, atraindo 11 por cento dos projectos globais no sector, seguida pelo Reino Unido com 9 por cento dos projetos. A Roménia também teve um ano muito forte, atraindo 7 por cento dos projectos globais.

fonte:http://www.google.com

publicado por adm às 22:42 | comentar | favorito