Produção renovável cai 33% no primeiro semestre

No final de Junho de 2012, Portugal Continental tinha 10 389 MW de capacidade instalada para produção de energia elétrica a partir de fontes renováveis (FER), cuja produção registou uma quebra de 33 por cento nos primeiros seis meses do ano, quando comparado com igual período do ano passado (de 14,1 TWh para 9,5 Twh).
A incorporação de FER no consumo bruto de energia elétrica, para efeitos da Diretiva, foi de 43,5 por cento em 2011, considerando apenas o Continente.

A potência eólica instalada no final de Junho de 2012 foi de 4 332 MW, distribuída por 220 parques, com um total de 2 265 aerogeradores ao longo de todo o território Continental sendo um offshore. Trinta e seis por cento da potência instalada está em parques com potência igual ou inferior a 25 MW.

No primeiro semestre de 2012, a produção dos parques com potência instalada estabilizada, situou-se nas 2 289 horas equivalentes por MW, que corresponde a um aumento de dois por cento relativamente ao registado no mesmo período de 2011.

Até Junho de 2012 foram licenciados cerca de12 825 MW de instalações eletroprodutoras a partir de FER ( mais 23 por cento relativamente à potência instalada actualmente).
Nos últimos doze meses a tecnologia fotovoltaica foi a que sofreu um maior incremento no licenciamento, passando de 110 MW para 184 MW.

fonte:http://www.ambienteonline.pt/

publicado por adm às 23:52 | comentar | favorito