Produção de energia a partir de renováveis atinge recorde de 72% até Junho

A produção total de energia eléctrica a partir de fontes renováveis atingiu níveis recorde no primeiro semestre deste ano, chegando a 72%. Esta é uma das conclusões do balanço feito pela Quercus-Associação Nacional de Conservação da Natureza sobre a produção de electricidade em Portugal continental, com base nos dados da REN (Redes Energéticas Nacionais).

A Quercus comparou a produção de electricidade com fontes renováveis no primeiro semestre do ano passado – que se ficava pelos 38% – com o mesmo período deste ano. Contas feitas, constatou que houve um aumento absoluto de 34%, lê-se em comunicado de imprensa divulgado este domingo.

A associação ambientalista explica que o aumento se fica dever à potência instalada de renováveis, mas principalmente às condições climáticas favoráveis. Este ano tem sido mais húmido do que o normal, o que permitiu um maior recurso ao uso de energia hídrica, e também mais ventoso, resultando numa maior produção eólica.

A produção da electricidade de origem renovável em regime especial (que representa toda a produção renovável excepto a grande hídrica) aumentou, tendo sido responsável por 49% de toda a electricidade produzida em Portugal continental no primeiros semestre deste ano.

Na electricidade de origem fóssil, houve um recuo no uso de carvão da ordem dos 22%, o que, aliado ao maior peso da produção renovável, conduziu a uma redução de emissões entre os dois primeiros semestres de 2012 e 2013 de cerca de 1,9 milhões de toneladas de dióxido de carbono.

Destaca-se ainda que Portugal exportou mais 50% de electricidade do que importou, o que é uma situação contrária à verificada em 2012, refere a associação. Mas, enquanto que ao longo de 2012 houve uma redução do consumo de electricidade de 2,8% em relação ao ano anterior, no primeiro semestre de 2013 a redução foi menos acentuada (-1,7%, por comparação com igual período de 2012). A Quercus considera que Portugal tem um enorme potencial para o aproveitamento das energias renováveis, em particular aquelas com menor impacte ambiental, como é o caso da energia solar.  A Quercus quer Portugal com 100% de electricidade de fontes renováveis até ao ano de 2050.

 

fonte:http://www.publico.pt/e

publicado por adm às 22:14 | comentar | favorito