Julho com a produção elétrica renovável mais baixa do ano

As condições meteorológicas em julho foram pouco favoráveis à produção de energia elétrica de origem renovável, que no seu conjunto representou 37% do consumo, o valor mais baixo do ano, de acordo com a REN -- Redes Energéticas Nacionais.

No mês de julho, a produção renovável foi sobretudo afetada pela reduzida produção hídrica, enquanto a produção eólica ficou próxima dos valores normais para a época.

Ainda assim, entre janeiro e julho, a produção renovável representou 69% do consumo, com a hídrica a assegurar 38% do consumo, a eólica 25%, a biomassa 5% e a fotovoltaica 1%.

O consumo de energia elétrica voltou a contrair em julho face ao mês homólogo, contrariando a tendência de crescimento verificada no primeiro semestre deste ano.

 

Em julho, o consumo de energia elétrica apresentou uma contração face ao mês homólogo do ano anterior de 3,5%, que se reduz para 0,3%, com a correção do efeito da temperatura e número de dias úteis.

Nos primeiros sete meses do ano, o consumo de energia subiu 0,2% em relação ao mesmo período de 2013.

fonte:http://www.dinheirovivo.pt/e

publicado por adm às 22:55 | comentar | favorito