Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Energias Renovaveis

Blog destinado a partilhar o que de melhor existe no mundo das energias renováveis. Energia solar, energia eólica, biomassa, etc, tudo sobre as ultimas novidades e noticias.

Blog destinado a partilhar o que de melhor existe no mundo das energias renováveis. Energia solar, energia eólica, biomassa, etc, tudo sobre as ultimas novidades e noticias.

Energias Renovaveis

18
Set10

Bactéria transforma energia solar e CO2 em combustível

adm

joule-1.jpg
A empresa consegue diminuir os custos e o tempo para produzir energia

 

Uma empresa americana anunciou recentemente um projeto que utiliza microorganismos para transformar luz solar e CO2 em etanol, diesel ou outros hidrocarbonetos. A Joule Unlimited obteve a patente para uma versão geneticamente modificada de cianobactérias, que convertem dióxido de carbono, água suja e luz solar em um hidrocarboneto líquido, que é funcionalmente equivalente ao diesel comum.

De acordo com a patente, duas enzimas de cianobactérias são combinadas gerando hidrocarbonetos em uma única etapa, convertendo a luz solar captada em "energia líquida", que pode ser etanol ou diesel.

"Esta patente representa um marco importante e valida a verdadeira natureza revolucionária de nosso processo”, diz Bill Sims, presidente da companhia. “Mesmo se tratando de uma bactéria, o organismo possui potencial e rendimento para substituir toda a infraestrutura dos combustíveis fósseis em escala significativa e custos altamente competitivos", completou.

 


Cientistas descobriram que combinar bactérias poderiam gerar hidrocarbonetos

 

Segundo a Joule Unlimited, a intenção do projeto é superar as limitações das outras tecnologias e os custos de matéria-prima e logística.

Outras empresas, como a LS9 e a Amyris, também usam bactérias geneticamente modificados para produzir biocombustíveis, mas eles são projetados para fazer açúcares, e só então são transformados em combustíveis. A descoberta da Joule Unlimited se diferencia por tornar esse processo mais rápido e econômico.

A empresa está testando fazer diesel e etanol no Texas, onde a luz solar e resíduos de CO2 seriam alimentados em biorreatores. Joule planeja iniciar a produção piloto de diesel no final de 2010 e abrir uma usina comercial em 2012. Os testes para produção de etanol mostram que ele pode ser produzido a um ritmo de 10 mil litros por hectare por ano. Estima-se que o barril custaria, em média, U$ 30,00.

fonte:ecodesenvolvimento

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Sites Interessantes

Politica de privacidade

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D